O Hyper-V é o hipervisor e plataforma de virtualização de hardware incorporado ao Windows  Server 2016 como função. O hipervisor é

responsável por abstrair o hardware físico do computador e criar um   ambiente de hardware virtualizado para cada máquina virtual.

O Hyper-V é uma função do Windows Server 2016 que possibilita a criação de máquinas virtuais nas quais podemos instalar um sistema operacional e usar como se fosse um computador  separado.

O Hyper-V usa a virtualização Tipo I, em que o hipervisor é uma camada de abstração que interage diretamente com o hardware físico do computador – isto é, sem intervenção  de um sistema operacional host.

Um sistema host Hyper V do Windows Server 2016 pode ter  até 512 processadores lógicos, suportando até 2.048 CPUs virtuais e 24 terabytes (TB) de memória física.

Um único servidor pode hospedar até 1.024 máquinas virtuais ativas, e cada máquina  virtual de geração 2 pode ter até 240 CPUs virtuais e 12 TB de memória. As VMs de geração 1  podem ter até 64 CPUs virtuais e 1 TB de memória.

A função Hyper-V tem requisitos gerais de hardware:

  • Um processador de 64 bits
  • Prevenção de Execução de Dados – tecnologia para segregar áreas de memória para o armazenamento de instruções do processador ou para o armazenamento de dados.
  • Extensões de VM Monitor Mode
  • Um sistema BIOS ou UEFI que dê suporte a virtualização de hardware
  • Um mínimo de 4 gigabytes (GB) de memória.
  1. Conferir os requisitos mínimos do Hyper-V:
  2. PowerShell: Systeminfo.exe – Aplicativo para saber se temos os requisitos mínimos.
Fale com o professor diretamente pelo Whatsapp

Fale com o professor diretamente pelo Whatsapp

Tire todas as suas dúvidas sobre nossos cursos! Participe dos nossos grupos exclusivos e ganhe descontos, dicas e muito mais!

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *